Das pequenas coisas que me fazem uma falta

...


  Eu sinto ausência das coisas antigas, e olha que só tenho 16 anos. Sinto falta de quando o facebook e whatsapp não havia, e vou além, quando o orkut e msn também. Não posso negar que esses meios colaboraram muito por  diminuir distâncias, mas também fizeram um papel de ser insignificante em todas as relações. Sinto falta de quando uma amiga revelava uma foto nossa, escrevia alguma coisa que representasse a nossa amizade atrás e me presenteava. Hoje, uma foto no Instagram com uma legenda bonitinha na data de aniversário já basta. Sinto falta das aulas chatas em que os bilhetinhos falando sobre á festinha que aconteceria na casa do Ana circulava na sala toda. Hoje, uma mensagem no Whatspp é o suficiente para fazer qualquer comunicação. Sinto falta de receber convites de aniversário ao invés de receber convites de eventos no Facebook. Sinto falta de ler cartas, a forma da letra e a textura que o papel adquiria após cada frase – sem contar os desenhinhos de coração, cheiro de perfume que sempre tinham.
Por ter apenas 16 anos, não vivenciei muita dessa “época boa” como dizia minha mãe, mas sinceramente, até sinto falta de quando algum garotinho se sentia atraído e demorava muito para tomar coragem e dizer um OI. Hoje em dia, achar a foto do perfil da garota bonita – vale ressaltar que essas fotos sempre enganam – já se torna um “Fulaninho cutucou você”. Mas esse problema não vem de agora, vem desde o Orkut com as invasões de perfil ou os depoimentos brigando para serem o primeiro da lista. Vem daquele subnick no msn que a pessoa se declarava todo em menos de 100 caracteres. “Eu já fiz isso.” A humanidade já fez isso e faz todos os dias… Estamos, a cada dia, sendo ensinado a idealizar todas nossas ações mas existe formas de idealizar as relações?

Trecho dPostagem  

O mundo dos humanos…

É uma bagunça.

Anúncios

4 comentários sobre “Das pequenas coisas que me fazem uma falta

  1. Eu tb sinto falta, com 28 anos cresci no meio-termo: escrevia e ainda escrevo cartas, mas tb uso td o que a tecnologia nos proporciona. Mas é claro que tanta conectividade nos faz perder aquela sensação de eterno que a gente tina antes. Adorei a crônica!

  2. É assim que eu me sinto em relação as redes sociais também. Acho que as coisas estão ficando cada vez mais limitadas, cada vez mais chatas e sem graça porque tudo infelizmente parece se basear em Facebook e Whatsapp. Sobre cartas, escrevo muitas e mesmo não entregando a maioria delas eu amo fazer isso. Acho que nenhum e-mail ou mensagem é capaz de transmitir o sentimento do remetente de modo tão sincero quanto a carta, afinal ela tem a caligrafia dele né! Enfim, eu amei o post e já virei sua fã. Nem acredito que encontrei uma super blogueira que mora na mesma cidade que eu (se bem que Sorocaba não é tão pequena, mas é isso aí, haha).
    Beijinhos!

Obrigada pela visita e volte sempre ♥

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s